segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Por que choras, Menino bom?


Sermão de Natal pregado por São João de Ávila
no dia de Santo Estevão (26 de dezembro)

O Menino chora na estreiteza do estábulo. Por que choras, Menino bom? Estará aqui presente algum grande pecador que trema quando Deus lhe disser: – “Onde estás?”?

Que grande mal tê-lo ofendido muito, lembrar-se de vinte anos de grandes ofensas! Que resposta darás quando Deus te interpelar?

Assim como tu tremes, tremiam os irmãos de José quando este lhes disse: “Eu sou José, vosso irmão, que vós vendestes (Gên 45, 4).

E eles pensaram: “Infelizes de nós! Ele agora é Rei. Há de querer matar-nos, tem motivos e pode fazê-lo”. Tremiam.


É o pecador que treme por ter ofendido a Deus. Ofendestes a Deus e por isso tendes razão em tremer. Convido os que estão em erro, os que têm a consciência pesada e os grandes pecadores a ir até à manjedoura ver o Menino chorar.

Por que chorais, Senhor? Os irmãos daquele José não ousavam aproximar-se dele, até que o viram chorar: ”Eu sou vosso irmão, aproximai-vos, não tenhais medo.

José levanta a voz, chora e, não contente com isso, conforme diz a Sagrada Escritura, beijou em seguida a cada um dos seus irmãos, chorando com todos eles (Gên 45, 15), e os irmãos pediram-lhe perdão.




– “Não tenhais receio (Gên 45, 5)” – dizia-lhes ele –, “vendestes-me por maldade, mas, seu não tivesse vindo para cá, todos morreríeis de fome. Deus tira dos males o bem”.

Menino, por que chorais? – “Para que os pecadores compreendam que, embora tenham pecado, devem aproximar-se de Mim sem temor, se se arrependerem de ter-Me ofendido”.

O Menino chora de ternura e amor. Bendito Menino! Quem Vos colocou nessa manjedoura senão o amor que tendes por mim? Fomos maus e ingratos, como contra o nosso irmão José. Vendemo-lO.

Presépio bordado pelas dominicanas de Stone, Staffordshire, Inglaterra
Presépio bordado pelas dominicanas de Stone,
Staffordshire, Inglaterra
Um disse: – “Prefiro cometer uma maldade a ficar com Cristo”.

Outro disse: – “Prefiro um prazer da carne a Ele”. Vendemos o nosso Irmão, traí-mo-lO.

E José, o santo, convida-nos a aproximar-nos da manjedoura e a ouvir esse choro causado por cada um de nós.

Se olhásseis para esse Menino com os olhos limpos, se adentrásseis na Sua alma, encontraríeis uma inscrição que vos diria: “Estou chorando por ti”, pois desde a concepção Ele teve conhecimento divino e conhecia todos os nosso pecados e chorava por eles.

E se está chorando pelos nossos pecados, que pecador não sentirá confiança, se quiser corrigir-se?

Há algo no mundo que inspire mais confiança do que ver Cristo numa manjedoura, chorando pelos nossos pecados?

Por que chorais? Que fazeis, Senhor?

– “Começo a fazer penitência pelo que tu fizeste”.

Pois bem, que fará um cristão que olhe com olhos de fé para Cristo que chora pelos seus pecados?

Ai de mim, porque tarde Vos conheci, Senhor! Ai de mim por tantos anos perdidos sem Vos conhecer! Quem se deixará dominar pela tibieza ao ver Deus humanado chorar?


3 comentários:

  1. Bom dia!!Venho mais uma vez através do seu blog para lançar um alerta!!! Nesta quarta-feira (11/12/2013) está prevista a votação de dois Projetos que poderão ter enorme impacto sobre a família brasileira e as escolas católicas:o PL 122 e o PNE (Projeto Nacional de Educação, para os próximos 10 anos). O PL 122 irá criminalizar a simples manifestação a favor dos valores tradicionais da moralidade e da família. Embora o texto atual tenha retirado o termo “homofobia”, ele introduz o conceito de “identidade de gênero”, uma hábil manobra ideológica.
    -Não existe gênero para pessoas. Existem homens e mulheres, ou seja, sexo masculino e feminino. O uso da palavra "gênero" para pessoas é uma tentativa de mudar a aceitação popular, para passar a definir o ser humano como heterossexual, homossexual, bissexual, travesti, etc.
    Já o PLC 103/2012 trata do Plano Nacional de Educação (PNE), no qual se pretende inserir a ideologia de gênero nos programas e ementários de todas as escolas do Brasil pelos próximos 10 anos. O Senador Álvaro Dias (PR) acatou o pedido de retificação deste Projeto de Lei para alteração dos termos relativos à ideologia de gênero.
    O que ainda pode ser feito?
    1)Apoiar o texto do PNE do Senador Álvaro Dias, que mudou o texto original do governo e quando fizer contato com os senadores, aproveite e peça a remoção total os termos “orientação sexual” e “gênero” do PLC 103/2012, que trata do PNE (Plano Nacional de Educação)
    2)Ligar e enviar e-mails para os Senadores abaixo listados, que votarão o PL 122, para que REJEITEM totalmente este Projeto, pois o Brasil não precisa dele.
    3)Encaminhar e-mail as escolas católicas e aos pais de sua lista de contatos E DIVULGAR ESTE FATO NO SEU BLOG ATÉ QUARTA-FEIRA.
    Deus nos abençoe nessa luta!!!Que consigamos livrar nossa pátria e nosso filhos da influência maligna do Comunismo
    Juliano A.R.P
    EDUARDO LOPES (PRB-RJ)
    TELEFONE: (61) 3303-5730
    (61) 3303-2211
    eduardo.lopes@senador.leg.br
    GIM ARGELO (PTB-DF)
    TELEFONE: (61) 3303-1161/3303-1547
    (61) 3303-1650
    gim.argello@senador.leg.br
    JOÃO CAPIBERIBE (PSB-AP)
    TELEFONE: (61) 3303-9011/3303-9014
    (61) 3303-9019
    capi@senador.leg.br
    JOÃO DURVAL (PDT-BA)
    TELEFONE: (61) 3303-3173
    (61) 3303-2862
    joaodurval@senador.leg.br
    JOÃO VICENTE CLAUDINO (PTB-PI)
    TELEFONE: (61) 3303-2415/4847/3055
    (61) 3303-2967
    j.v.claudino@senador.leg.br
    LÍDICE DA MATA (PSB-BA)
    TELEFONE: (61) 3303-6408/ 3303-6417
    (61) 3303-6414
    lidice.mata@senadora.leg.br
    MAGNO MALTA (PR-ES)
    TELEFONE: (61) 3303-4161/5867
    (61) 3303-1656
    magnomalta@senador.leg.br___
    OSVALDO SOBRINHO (PTB-MT)
    TELEFONE: (61)
    3303-1146/3303-1148/3303-4061
    (61) 3303-2973
    osvaldo.sobrinho@senador.leg.br
    PAULO DAVIM (PV-RN)
    TELEFONE: (61) 3303-2371 / 2372 / 2377
    (61) 3303-1813
    paulodavim@senador.leg.br
    PAULO PAIM (PT-RS)
    TELEFONE: (61) 3303-5227/5232
    (61) 3303-5235
    paulopaim@senador.leg.br
    RICARDO FERRAÇO (PMDB-ES)
    TELEFONE: (61) 3303-6590
    (61) 3303-6592
    ricardoferraco@senador.leg.br
    ROBERTO REQUIÃO (PMDB-PR)
    TELEFONE: (61) 3303-6623/6624
    (61) 3303-6628
    roberto.requiao@senador.leg.br
    SÉRGIO PETECÃO (PSD-AC)
    TELEFONE: (61) 3303-6706 a 6713
    (61) 3303.6714
    sergiopetecao@senador.leg.br_
    SÉRGIO SOUZA (PMDB-PR)
    TELEFONE: (61) 3303-6271/ 6261
    (61) 3303-6273
    sergiosouza@senado.leg.br
    WILDER MORAIS (DEM-GO)
    TELEFONE: (61)3303 2092 a (61)3303 2099
    (61) 3303 2964
    wilder.morais@senador.leg.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu recebi essa notícia perversa e também me empenhei em enviar e-mails para todos os senhores Senadores. Temos que esperar no mínimo, bom senso deles.

      Excluir
  2. Que lindo! FELIZ NATAL A TODOS COM A PAZ E AS BÉNÇAOS DO SENHOR.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.