segunda-feira, 3 de agosto de 2015

“Tudo coincide perfeitamente com os Evangelhos”

“Ecce Homo”, disse Pilatos à multidão que pedia a morte de Jesus
“Ecce Homo”, disse Pilatos à multidão que pedia a morte de Jesus
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




“O Homem do Santo Sudário sofreu uma flagelação terrível que não era normal acontecer antes da crucifixão”, explicou a especialista Emanuela Marinelli ao Vatican Insider.

A Dra. Marinelli, do Centro Romano di Sindonologia, acaba de publicar, juntamente com Marco Fasol, o livro Luce dal sepolcro. Indagine sull’autenticità della Sindone e dei Vangeli (Luz do Sepulcro. Inquérito sobre a autenticidade do Santo Sudário e dos Evangelhos, editora Fede & Cultura).
“Foi uma flagelação extremamente longa, infligida como punição suficiente em si mesma.

“Logo depois veio a dolorosa coroação com um capacete de espinheiros, fato único na História, e que foi inventado pelos soldados para escarnecer o Rei dos Judeus”, prosseguiu.

“Depois ainda vieram o doloroso carregamento do patibulum (a trave horizontal da Cruz), as trágicas quedas ao longo do percurso, a perfuração dos pregos da crucifixão enfiados nos pulsos e nos pés sem apoio algum, a perfuração da lancetada post-mortem.

Tudo coincide perfeitamente com a narração evangélica, inclusive o envolvimento durante algumas horas numa Mortalha preciosa em lugar de enterrar numa fossa comum, que era o destino de todos os crucificados.

A consequência é que o Homem do Sudário pode ser identificado: é Jesus de Nazareth”.



Dra. Emanuela Marinelli
Dra. Emanuela Marinelli
Mais da Dra. Emanuela Marinelli:

"Santo Sudário: a imagem completa de um homem cruelmente crucificado (1)" 
"Santo Sudário: a imagem completa de um homem cruelmente crucificado (2)" e
“É como olhar no umbral do mistério da Ressurreição”".

A especialista falou com tanta segurança que o jornalista voltou a insistir na dúvida e recebeu uma resposta categórica.

“A senhora não acha arriscado dizer que o Santo Sudário ‘confirma’ os Evangelhos?”

Último livro da Dra. Emanuela Marinelli
Último livro da Dra. Emanuela Marinelli
“Não é arriscado – respondeu a professora Marinelli –, é obrigatório, porque com excessiva frequência foi posta em dúvida a credibilidade das narrações evangélicas, tentando fazê-las passar como narrações simbólicas.

“Um exemplo entre muitos: ‘o sangue e a água’ que São João viu sair da chaga do lado. O Santo Sudário confirma que daquela ferida saíram, separados, sangue já parcialmente coagulado e soro”.

O jornalista do Vatican Insider, fazendo seu o desqualificado teste do Carbono 14 que tentou provar que o Sudário de Turim era uma fraude medieval, voltou à carga com o realejo.

Mas a professora não arredou o pé, e prosseguiu:

“Numerosas objeções ao resultado do teste do Carbono 14 foram postas por vários cientistas, que julgam insatisfatórios tanto os métodos usados para colher as amostras quanto à credibilidade daquele aplicado sobre tecidos que passaram pelas mesmas vicissitudes por que passou o Santo Sudário.

“Particularmente, no canto de onde foram retiradas as amostras, há algodão que prova tratar-se de um canto onde foi feito um remendo pelas freiras clarissas de Chambéry após o terrível incêndio que danificou gravemente o Lenço em 1532. Sobre este assunto permito-me sugerir a leitura de um trabalho específico meu sobre o assunto”. CLIQUE AQUI PARA VER O PDF

Por que, segundo a senhora, o Santo Sudário continua fascinando e atraindo milhões de pessoas? – perguntou, por fim, o jornalista.

“O Santo Sudário é um Evangelho escrito com o próprio sangue de Cristo”, diz a Dra. Marinelli.

“O Santo Sudário é um Evangelho escrito com o próprio sangue de Cristo. Por isso, contemplar suas chagas, meditar sobre seu amor por nós, não pode nos deixar indiferentes.

“É o maior amor, como nos lembram as próprias palavras da Exibição deste ano (2015). Todos nossos sofrimentos, todas as nossas dores se explicam e estão sublimadas nos sofrimentos e nas dores de Jesus, livre e voluntariamente aceitas para nossa salvação. É o mistério do nosso destino, que é um destino de amor. É isto o que fornece um sentido à nossa vida”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.