segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Médico espanhol: não acredita no Santo Sudário
quem não quer mudar de vida

Primeiro plano: Cristo jazente segundo reconstituição do professor Juan Manuel Miñarro. Fundo: o Santo Sudário.
Primeiro plano: Cristo jazente segundo reconstituição do professor Juan Manuel Miñarro.
Fundo: o Santo Sudário.
Veja também: Professor faz Crucificado segundo os dados do Santo Sudário
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs





Em maio de 2015, a agência Zenit entrevistou ao Dr. Juan Francisco Sánchez Espinosa, presidente da Comissão de Sanidade das Cortes [Legislativo regional] de Castela-La Mancha. Este médico espanhol pertence à Sociedade Espanhola de Sindonologia, que estuda o Santo Sudário.

Há vários anos, ele faz palestras sobre esse tecido inigualável da Cristandade. Eis os principais pontos:

ZENIT: O que é o Santo Sudário?

Dr. Juan Francisco Sánchez Espinosa: É um lençol funerário. Alguns afirmam que a sua origem remonta ao século I antes ou depois de Cristo, pelo tipo de estrutura que ele tem.

O vocábulo grego “síndon”, que significa tecido, originou a palavra atual com que chamamos o Santo Sudário, a “Síndone” de Turim. E a sindonologia é o estudo desse tecido tão singular para toda a cristandade.



Dr. Sánchez Espinosa, presidente da Comissão de Sanidade
do Legislativo regional de Castela-La Mancha, Espanha,
membro da Sociedade Espanhola de Sindonologia.
ZENIT: O que podemos ver na Síndone?

Dr. Sánchez Espinosa: Vemos uma imagem dorsal e frontal de um homem que foi morto mediante a crucificação.

Vemos múltiplas feridas disseminadas por todo o tórax, pelo abdome, pelos membros superiores e inferiores, do que parecem açoites; lesões na cabeça, mais de 600 feridas. E também feridas de transfixação nos pulsos e nos pés.

ZENIT: Como o senhor descreveria a imagem que podemos ver na Síndone?

Dr. Sánchez Espinosa: Você precisa estar a mais de um metro e meio de distância para conseguir visualizá-la. Não se sabe onde começa e onde acaba.

É uma imagem que se formou na superfície do linho de 4 ou 5 micras de profundidade por uma desidratação da celulose do linho.

Não existe nenhum resto de pigmento, como foi demonstrado em um dos exames feitos em 1978.

É algo extraordinário, porque, com toda a tecnologia do século XXI, não somos capazes de saber realmente como a imagem se formou.

Alguns falam dela como a imagem impossível, porque não tem explicação científica.

ZENIT: Também aparecem restos de sangue no Santo Sudário, não é?

Dr. Sánchez Espinosa: É curioso que o sangue seja prévio à formação da imagem. E é curiosíssimo porque algumas partes do tecido foram raspadas e ficou comprovado que não há imagem.

Então podemos concluir que a imagem se formaria depois do sangue incrustado no tecido. O que sabemos é que se trata de sangue do grupo AB.

Mais ou menos 16% da população semítica ou hebraica tem esse tipo de sangue. E, curiosamente, o sangue detectado no Santo Sudário de Oviedo também é do grupo AB.

Um detalhe importante é que, no sangue, aparece uma grande quantidade de bilirrubina; e isso acontece quando a morte é causada por muito estresse.

ZENIT: Por que o Santo Sudário é um “negativo fotográfico”?

Dr. Sánchez Espinosa: O primeiro que notou foi o fotógrafo italiano Secondo Pia, em 1898.

Alguns estudos dizem que essa imagem pôde surgir por causa de uma radiação ortogonal; ou seja, que sai verticalmente do corpo e produz a imagem. É como se o corpo tivesse emitido uma radiação; mas, realmente, não se sabe exatamente como aconteceu.

ZENIT: Em 1988, foi feito o exame de carbono 14 e alguns opinam que o resultado não é determinante para precisar a idade do tecido. Por quê?

Dr. Sánchez Espinosa: Essa prova tem uma confiabilidade de 67% e a única coisa que ela faz é medir o número de átomos de carbono 14 que existem nesse organismo. O carbono é gerado pelos raios cósmicos que formam o nitrogênio.

Deram quatro mostras do Sudário, mas todas cortadas do mesmo pedaço. E era o pedaço que foi chamado de “remendo fantasma”, porque nele existem misturas.

Isso é um erro de metodologia, porque o lógico teria sido pegar vários pedaços de diferentes partes do Santo Sudário.

Quando se diz que a Síndone é da Idade Média, é porque nas mostras que foram dadas às universidades que a estudaram havia tecido medieval mesclado com o tecido original. É o que acabou sendo chamado de “entretecido francês”, que é algodão tingido.

ZENIT: Que aspectos da imagem o senhor ressaltaria do ponto de vista médico?

Dr. Sánchez Espinosa: É uma imagem que me diz o tipo de morte que aquele homem sofreu; que ele teve um sofrimento brutal, que sofreu perfuração nos pulsos e nos pés.

Isso tem que ter causado uma dor horrorosa, porque, provavelmente, atingiu o nervo mediano; por isso o dedo polegar ficou puxado para dentro.

As costas de Jesus Cristo após a Flagelação, segundo o Santo Sudário.
Trabalho do professor Juan Manuel Miñarro.
Veja: Professor faz Crucificado segundo os dados do Santo Sudário
Também há mais de 600 lesões que devem ter causado no homem do Santo Sudário um sangramento descomunal, com uma perda de sangue muito grande.

Há lesões de chicotadas compatíveis com o “flagrum taxilatum”, que era uma espécie de chicote formado por tiras de couro terminadas nos chamados “taxil”, formados por pedaços de ossos ou de chumbo que se cravavam na carne.

De fato, há pedaços de músculo que foram recolhidos do Sudário, na altura das costas da imagem. Deve ter sido um espancamento selvagem. Esse tipo de tortura podia destroçar a musculatura intercostal, lesionar órgãos internos, etc.

ZENIT: Alguns estudiosos falam do pólen como prova de que o Sudário veio de Jerusalém, não é?

Dr. Sánchez Espinosa: Sim, porque, nos estudos, foi descoberto que muitas mostras de pólen que ficaram no tecido vêm da área de Jerusalém.

Concretamente, quatro ou cinco espécies que são próprias da região do Mar Morto e de Jerusalém.

Alguns pesquisadores judeus da Universidade Hebraica de Jerusalém, como Uri Baruh, concluíram que o Santo Sudário esteve em Jerusalém: na primavera e aproximadamente 2000 anos atrás.

ZENIT: O Santo Sudário é um milagre?

Dr. Sánchez Espinosa: Para mim, sim, é um milagre. Eu acredito que Deus deixa rastros neste mundo e um deles é o Santo Sudário, porque não há explicação científica.

O Santo Sudário interpela você porque, se é verdade que ele fala de Jesus Cristo morto e ressuscitado, o que a Igreja Católica diz também é verdade e, portanto, você precisa mudar de vida.

E se para você não interessa mudar de vida, então não interessa ouvir isto.




Santo Sudário: as primeiras surpresas e constatações

Inscrição em aramaico no Santo Sudário seria anterior ao ano 70 d.C.

Probabilidade de o Santo Sudário ser falso: uma em 225 bilhões!

“Tudo coincide perfeitamente com os Evangelhos”

Santo Sudário: inexplicável imagem tridimensional― Inviabilizada a conjetura de falsificação

Engenheiro em nanotecnologia: o Santo Sudário é um testemunho mudo da Ressurreição

O enigma que desconcerta a ciência

Cientista incrédulo estudou 37 anos o Santo Sudário e hoje tem certeza: é autêntico!

O cientista descrente que se rendeu à evidência: não há nada como o Santo Sudário!

Professor faz Crucificado seguindo os dados do Santo Sudário

A autopsia do Santo Sudário concorda com os Evangelhos

Cientistas desmontam artifício para “provar” que o Santo Sudário não é autêntico

No resgate do Santo Sudário, um milagre em meio às chamas

Fotos tridimensionais aumentam certeza de que o Santo Sudário envolveu a Nosso Senhor

O Santo Sudário em três dimensões

Para ciência de ponta é impossível reproduzir o Santo Sudário

Santo Sudário: as ciências diante do humanamente inexplicável

Médico espanhol: não acredita no Santo Sudário quem não quer mudar de vida

A Santa túnica de Argenteuil comparada por um cientista com o Santo Sudário

O Santo Sudário comparado com o Véu da Verônica

O Santo Sudário e o Véu da Verônica: falam os cientistas

As chagas impressas no Santo Sudário de Turim

Descobertas da botânica no Santo Sudário

Unguentos e polens no Santo Sudário falam de um enterro próprio a um rei

Flores no Santo Sudário só poderiam ter sido colhidas em Jerusalém na época da Crucifixão

Mais modernos testes concluem que o Santo Sudário é do tempo de Jesus Cristo

Cientistas querem teste sério de carbono 14

Sobre o contestado teste do carbono 14

Novos livros confirmam a impropriedade dos testes de Carbono 14

Os templários veneravam o Santo Sudário e por isso foram difamados, diz historiadora do Arquivo Secreto Vaticano

O Santo Sudário à luz da ciência histórica e das críticas adversas

Santo Sudário de Turim e o Sudário de Oviedo “envolveram a mesma pessoa”, concluiu inquérito

Para matemático, chance de o Santo Sudário não ser verdadeiro é de uma em 200 bilhões

Santo Sudário: a imagem completa de um homem cruelmente crucificado (1)

Santo Sudário: a imagem completa de um homem cruelmente crucificado (2)

23 comentários:

  1. Bom dia!
    Grata por tal presente.
    Estou impressionada com a riqueza de seus blog.
    Deus o abençoe!

    ResponderExcluir
  2. O Santo Sudário é a prova mais concreta da existência do Filho de Deus feito homem, que pelo seu imenso amor, aceitou todo esse sofrimento por cada um de nós, pecadores.

    ResponderExcluir
  3. É tocante e emocionante ler com riqueza de detalhes um estudioso disceminar, descrever o sofrimento de Jesus. É algo que humanamente falando nenhum ser aguentaria. Pelo sofrimento, dor, oerda de sangue.

    ResponderExcluir
  4. Um mistério. Com sudário ou não, sabemos que Ele morreu para nos justificar.

    ResponderExcluir
  5. Jesus Cristo minha vida, te louvo e glorifico para todo sempre, Amém !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! Será que somos parentes?

      Excluir
    2. É realmente de encher os olhos de lagrimas ,o homem que desafiou o mundo para provar que Deus é nosso pai .

      Excluir
  6. Jesus Cristo, minha vida ! Te louvo e glorifico para todo sempre, Amém !!

    ResponderExcluir
  7. So tenho ima coisa a dizer Jesus entrou em minha Vida .Ea palavra de Deus esta escrito assim k os verdadeiros adoradores o adoriam em espirito em verdade pois assim imports os que o adorem .Se e verdadeiro ou nao o que importa e aceitar sem questinar porque nos o aceitamos pot fe.

    ResponderExcluir
  8. Pra mim é uma lástima! Uma tristeza comprovar a brutalidade do sofrimento de Cristo. Preferia um mundo incrédulo, sem provas, mas que o Bom Mestre não tivesse sofrido tanto. Dói só pensar.

    ResponderExcluir
  9. TLIG - True Life in GOD
    Sim este sudário é original. Rezemos pela unidade das datas de Páscoa.

    ResponderExcluir
  10. Para mim não é nenhuma novidade ! Já lu um livro que especificamente do Sudário, e a tentava que foi feita de desautentica-lo, quando analisaram as amostras do tecido cometendo um erro grotesco de metodologia, já o Sudário tem remendos de tecido de algodão,feitos irmãs Clarissas, devido um incêndio onde o mesmo estava guardado. Mas a verdade sempre vem a tona. Louvado seja, Senhor ! Shalom !

    ResponderExcluir
  11. Amai a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo essa é a verdadeira fé. Jesus meu único e suficiente Salvador

    ResponderExcluir
  12. Lovado seja o senhor. Ele que é filho de Deus na unidade de espirito santo, toda Honra e toda Gloria agora e para sempre.

    ResponderExcluir
  13. JOSÉ ANTÔNIO DE FRANÇA4 de março de 2016 17:04

    BOA TARDE.

    SOU BRASILEIRO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, VENHO JUNTANDO ASSUNTOS SOBRE ESTE MARAVILHOSO ASSUNTO , A MAIS DE 25 ANOS VENHO ESTUDANDO DE LONGE, ESTA PUBLICAÇÃO SÓ VAI AJUDAR , POIS MESMO NUNCA TENDO VISTO O SANTO SUDÁRIO EU CREIO QUE FOI DE MEU JESUS CRISTO QUE NA HORA DA RESSURREIÇÃO UMA LUZ BRILHOU COMO RELANPAGO E DEIXOU O CORPO DE MEU SALVADOR CRAVADO NO PANO .
    ATENCIOSAMENTE

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pela matéria! Gostaria muito que os católicos e cristãos do mundo todo fizessem uma PETIÇÃO OU ABAIXO ASSINADO AO PAPA solicitando a liberação do Santo Sudário e de outros grandes milagres permanentes da Igreja Católica (como, por exemplo, a Imagem de Guadalupe, o Sangue de São Genaro, o Milagre de Lanciano e de outros milagres eucarísticos, de corpos incorruptos de santos, etc.) para novos estudos pela Ciência com técnicas modernas; a fim, de usar a própria Ciência (tão idolatrada nos tempos de hoje) para ajudar na evangelização dos povos e na conversão de ativistas neoateus como Richard Dawkins, Stephen Hawking, Lawrence Krauss e tantos outros.

    Pois, acredito que tais milagres foram, providencialmente, feitos por Deus não só para a época deles; mas, também, para os incrédulos dias de hoje; já que só agora a Ciência tem capacidade e tecnologia suficientes para estudá-los a fundo. Mesmo porque, a mera comprovação, por exemplo, da veracidade do Sudário pela Ciência trará enormes consequências religiosas, filosóficas, científicas, culturais, políticas e sociais para toda a humanidade; como:

    – a prova da realidade espiritual para a Ciência.
    – a prova da existência histórica de Jesus e da existência de Deus para os ateus e agnósticos,
    – a prova de que existe ressurreição da carne e não reencarnação para os espíritas,
    – a prova de que Deus permitiu fazer sua imagem para os protestantes,
    – a prova de que Jesus é o Messias para os judeus,
    – a prova de que Jesus realmente foi crucificado e ressuscitou e que não foi apenas um profeta para os muçulmanos (como afirma o Alcorão),
    – a prova da autenticidade da Igreja Católica e da religião cristã para todas as outras religiões do mundo,
    – etc., etc., etc.

    E se o Homem do Sudário foi capaz de fazer o mais difícil, que é ressuscitar dos mortos, por quê não seria também capaz de curar os doentes, andar sobre as águas, multiplicar os pães e visitar o nosso mundo através do ventre de uma virgem?

    E se esse homem (que disse ser filho de Deus) morreu por nós pregado numa cruz; por quê duvidar do que ele disse nos Evangelhos e da Igreja que ele mesmo fundou?

    Aquele mesmo que disse:

    – “EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA!”

    – “CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ!”

    – “TU ÉS PEDRO, E SOBRE ESTA PEDRA EDIFICAREI A MINHA IGREJA!”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bendito seja Deus, por suas palavras!

      Excluir
    2. Suas palavras foram sem dúvidas inspiradas pelo Espírito Santo!!
      adailsonrpm@gmail.com

      Excluir
  15. vou compartilhar é a verdade tem que ser compartilhada

    ResponderExcluir
  16. Quanto mais a ciência tenta provar a falsidade do Sudário mais fica evidente a sua autenticidade. Como o amigo "anônimo" afirmou se Deus não permitisse que fizéssemos imagens então ele não permitiria que Seu Filho deixasse uma imagem tão perfeita dele. Acredito sim e louvo a Deus por tão precioso presente que nos foi deixado.

    ResponderExcluir
  17. Perdão,Senhor por telo feito sofrer tantas chagas por meus pecados.Perdão Senhor Perdão.

    ResponderExcluir
  18. TENHO EM CASA A IMAGEM DA SAGRADA FACE DO SANTO SUDÁRIO, RECEBI INÚMERAS GRAÇAS DA SAGRADA FACE, CREIO PIAMENTE NA VERACIDADE DO SANTO SUDÁRIO. AMO MEU JESUS SALVADOR, AMOROSO, MISERICORDIOSO QUE TANTOS SINAIS NOS DEIXA. POR TUDO QUE SOFRESTES POR NÓS, PERDÃO E MISERICORDIA. OH! BENDITAS CHAGAS PELAS QUAIS SOMOS CURADOS!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.