segunda-feira, 27 de março de 2017

Arqueólogos e peritos policiais investigam casas de Lutero
e descobrem fatos sobre o fundador do protestantismo

Casa natal de Lutero em Eisleben
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs






A arqueologia às vezes traz surpresas onde menos se imaginaria. É o caso, ao menos, da vida privada do heresiarca Martinho Lutero, fundador do protestantismo.

O "Der Spiegel", a maior revista alemã, já publicou singular reportagem com fundamento arqueológico e policial, sobre o iniciador da Revolução Protestante cujos 500 anos se comemoram em 2017.

As descobertas fizeram parte duma exposição que verteu nova luz sobre a vida privada do frade que abandonou sua religião, informou Der Spiegel. A amostra ficou aberta ao público no Museu de Pré-História do Estado Alemão em Halle, entre 2008 e 2009.

Compreende-se que não tenha durado muito.
O catálogo descreve o conteúdo da exibição como "sensacional", dizendo que ele nos permite reexaminar "capítulos inteiros da vida humana" do ex-frade, escreveu Der Spiegel.
As escavações no Mosteiro de Wittenberg onde ele viveu longamente foram conduzidas pelo arqueólogo Mirko Gutjahr.



Peritos legais e arqueólogos analisaram com critérios policiais o lixo das casas em que nasceu, viveu e morreu o instigador da revolta protestante, em Eisleben, Mansfeld e Wittemberg, na Alemanha.

O laudo técnico constatou desonestidade nas descrições que o pai do protestantismo fez de si próprio.

Por exemplo, provou que Lutero mentiu dizendo ser filho de um “minerador pobre” cuja “mãe carregava toda a madeira nas costas até em casa”.

Antigo mosteiro agostiniano em Wittemberg expropriado pela revolta protestante
onde Lutero viveu grande parte de sua vida em revolta contra a Igreja.
Na verdade, o pai de Lutero dirigia fundições de cobre, tinha boas conexões com a administração real das minas, era agiota e dono de terras. Escreveu o Speigel:
Em 1484, quando Martinho Lutero ainda era criança, a família se mudou para Mansfeld, onde o pai logo se tornou um capataz bem sucedido.

Ele operava três fundições de cobre, era dono de 80 hectares (198 acres) de terra e emprestava dinheiro a juros.

O tamanho e grandiosidade de sua casa, conforme revelou a escavação, estavam de acordo com seu status econômico.

"A frente da casa, que dava para a rua, tinha 25 metros de comprimento", diz o arqueólogo Björn Schlenker. A escavação revelou grandes cofres no porão e um quintal cercado por grandes construções.
As casas em que viveu eram próprias de burgueses ricos.

Em uma delas encontraram grandes cofres no porão.

Os brinquedos que Lutero usou quando criança, poucas famílias podiam comprar.

Sobre seu nível de vida nos últimos anos de existência, a reportagem do Spiegel acrescentou:
Máscara mortuária de Lutero exibida na igreja do Mercado, em Halle, Alemanha
O pensador era tremendamente prolífico, escrevendo uma média de 1.800 páginas por ano.

Seu tom tornou-se cada vez mais brusco com o passar dos anos.

Ele chamou os turcos de "demônios", os judeus de "mentirosos" e qualificou os sacerdotes católicos de homossexuais "irmãos de jardim que fazem aquilo uns com os outros".

Roma, escreveu Lutero na sua linguagem habitualmente torpe, estava infestada de "porcos-teólogos".

Depois de escrever palavras tão afiadas, o eloquente reformista comia em tigelas de cerâmica e bebia de jarras turcas magníficas.

Os arqueólogos encontraram azulejos de forno decorados com motivos do Velho Testamento, além de mais de 1.600 cacos de copos que Lutero, um glutão voraz, usava para matar sua sede considerável de cerveja.
As seitas protestantes obviamente não gostaram da análise e de seus resultados ...

Para conhecer mais sobre o que ensinava de fato Lutero, veja o interessante e erudito trabalho do Pe. Leonel Franca S.J., fundador da Universidade Católica de Rio de Janeiro, da qual foi Reitor magnífico durante oito anos.



24 comentários:

  1. Mafra,
    agradecemos o feedback.
    Acrescentamos os dados de que dispomos no próprio post.
    grato, Luis

    ResponderExcluir
  2. Eu que agradeço a rapidez com que meu comentário foi acolhido e uma boa resposta dada. Assim, posso continuar repassando a mensagem do site, necessária e comprovável.

    ResponderExcluir
  3. como podes diser iso sabes como me inritas sber que o vticano ainda nos atacs eu como um protestate não aseito iso que dis pois em gerrasoes minh familha foi protestante e de origem alema falamos em alemao lemos em alemao escrevemos em alemao eu mesmo presiso falar em alimao pois minha avó so sabia falar em alemao miha familha deendntea munto tempo e não perdemos os nosos costumes por parte patrna deseno da nobresa alema cuja a cem anos meus familares vierao ao brasil como minha vó conta que a minha tataravó foi traida e enganda pelo irmao e a robou toda a eransa endao como podes diser que lutero e um fausario vosegostaria de sofre ainda nas mão do papa da santidade o que dis ser um homen (santo) mas que na verdade es um homen comum e sem nenuma santidade deus dis que popars o gusto entao quantos papas forao para o inferno meus amigos se asim poso les camar não se aprese a gugar o que não deves pois não se esquesa da vergonga dos alemaes com a gerra e adolfo hitler e não se esqusao sem martim lutero a biblia seria ainda em latim ou os alemaes se esquecerao que a brimeiro idioma tradusida da biblia foi o alemao e a combinasao de hitler com o papa pio XII ou ja se esqueserao espero que reflitão iso e me discupa se fui muito prusco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprenda a escrever primeiro.
      kkkkk

      Excluir
    2. caríssimo nada disso se leva para o céu. seguir o DEUS vivo eucarístico esse sim nos leva ao ceu.
      Brasão ,língua nada disso serve.

      Excluir
    3. Primeiramente há que se respeitar o ser humano. Eu respeito o ser humno que escreveu como anônimo mas discordo totalmente do que diz. é uma pessoa não afeito a nossa língua portuguesa que expressou sua opinião fora dos padrões normais de nossa língua. Recrimino o que disso outro cidadão logo abaixo, de que devria aprender a escrever. Para mim, Lutero, assim como outros sacerdotes da atualidade que, desobedecendo as diretrizes da Igreja, abandonaram a vida religiosa, se afastaram da religião católica e hoje fazem até casamento entre homossexuais, ou ficam escrevendo artigos comentando filmes por falta do que fazer pelo bem da humanidade.

      Excluir
    4. Muito boa resposta ai analfabeto que disse que o comentarista nao sabia escrever,o ignorante foi ele por nao perceber que era um descendente de alemao que nao esta familiarisado com esse vocabalario escroto que é o nosso portugues.

      Excluir
    5. esze alemon alen di ser burro vai morrier abraçadinhas com Lutero no inferno 😚

      Excluir
    6. ao meu ver são vcs protestrantes que atacam os católico primeiro ai quando reagimos de alguma fortma vcs se fazem de VITIMAS. iSSO MESMO QUE VC OUVIU: ATACAM OS CATÓLICOS quase sempre de forma mais ou menos odiosa e preconceituosa, o proprio nome já dis tudo "PROTESTANTE" , vivem a protestar algo , rsr...
      E outra: o amigo ai tem razão, aprenda a escrever seu alienado.

      Excluir
    7. Se Lutero falava daquela forma, com palavras tão vulgares, tudo leva a crer que ele não poderia estar cheio Espírito Santo.

      Excluir
    8. Verdade, burro e pouco pra ele.

      Excluir
  4. Caro Amigo Dufaur: o link acima do Pe. Leonel Franca não abre. Poderia dar uma olhadinha. Obrigado. Julio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedimos desculpas, o link estava errado.
      Já consertamos e agora funciona bem. O link é: http://lumenrationis.blogspot.com.br/p/pe-lonel-franca-sj.html.
      Agradecemos o aviso.

      Excluir
  5. Olha, eu sou protestante e sem intenção de contestar o que foi supostamente descoberto; não tenho nenhuma admiração notável por Lutero e dizer que o protestantismo é uma raiz de seitas tbm n é absurdo pra mim. O problema é que até hoje eu nunca vi um católico que me provasse nas Escrituras que o papado, culto/oração à santos, transubstanciação e coisas do tipo são legítimas.

    E não tem essa de "a bíblia veio da igreja/a igreja veio antes portanto tem mais autoridade". A bíblia é composta de revelações escritas que antecipam o próprio cristianismo então doutrinas cristãs tem sim que se embasar na bíblia para terem coerência e confirmação de veracidade.

    Chamem Lutero do que quiser mas ele, mesmo que por tabela, criticou coisas realmente ilícitas e heréticas do catolicismo apostólico romano. Abraços pra vcs e desculpem qualquer coisa desse humilde aprendiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aconselho ler um site de apologética católica (Como por exemplo o Veritatis Splendor, Montfort, Apologistas Católicos, Porque Creio, Logos Apologética, etc); eles contém não apenas informações expositivas suficientes mas também refutações das principais doutrinas protestantes.

      Ademais, os milagres eucarísticos provam por A+B onde está a verdadeira doutrina sobre esse tema... E está com a Igreja Católica.

      Excluir
  6. "há papas no inferno"

    A igreja católica concorda com isso!😉
    Ou melhor:
    Há possibilidade, sim, de haver homens que na terra ocuparam A MISSÃO de ser papa, que estão no inferno.

    As pessoas não entendem o que é "infalibilidade papal... Então não deveriam opinar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fato de haver papas no inferno não muda o fato de que a Igreja Católica foi fundada pelo Senhor Jesus Cristo, o que pode ser muito bem entendido em Mateus, no capitulo 16 " Por isso eu lhe digo: você é Pedro, e sobre essa pedra construirei a minha igreja, e o poder da morte nunca poderá vencê-la."Os erros que aconteceram na igreja católica não fizeram com que ela deixasse de ser fundada por Cristo! As pessoas que não são inspiradas e movidas pelo Espírito Santo não tem discernimento para separar o que é divino e o que é humano, o que é perfeito e o que é imperfeito, pois se assim fosse elas não vinculariam os erros humanos à igreja que o Senhor Jesus nos deixou, afinal a igreja sempre teve os mesmos princípios norteadores deixados por Jesus e pelos apóstolos e o que aconteceu foi o não seguimento desta moral cristã católica por algumas autoridades da igreja. Portanto, conclui-se que a igreja católica foi fundada pela vontade de Cristo, em conformidade com o que o Senhor desejou. E se ela não seguiu sempre conforme a vontade de Deus e do Espirito Santo, foi por causa da atitude de algumas pessoas que se deixaram guiar pela ação do maligno. A questão é que nós cristãos católicos reconhecemos os nossos erros e mudamos aquilo que estava errado. Um exemplo disto é São Francisco de Assis, que recebeu um chamado do Senhor para "reconstruir" a igreja católica. E foi o que ele fez, incentivou o estilo de vida totalmente baseado no evangelho, que é o caminho que Jesus nos convida a seguir, rejeitando os erros que aconteciam e levou isto ao papa. A contribuição dele é notável e foi essencial para a reforma espiritual da igreja católica. Podemos entender que a igreja católica foi fundada por Cristo, que ela teve seus erros, mas que ela mudou o que estava errado. É preciso ter humildade e reconhecer que caímos e que o Senhor nos levanta com a sua misericórdia, nos conduz ao caminho corrreto e endireita aquilo que está torto. Sem Deus não conseguimos realizar nada de bom, inclusive fundar uma "nova igreja".

      Excluir
  7. Bom dia! Salve Maria! O link para o trabalho do Padre Leonel Franca não funciona. At.te, Érico Raoni.30 de março de 2017 13:53

    Bom dia! Salve Maria!
    O link para o trabalho do Padre Leonel Franca não funciona.
    At.te,
    Érico Raoni.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. á consertamos e agora funciona bem. O link é: http://lumenrationis.blogspot.com.br/p/pe-lonel-franca-sj.html.
      Agradecemos o aviso.

      Excluir
  8. Anônimo:
    São Paulo "achava" que estava salvo, mas não sabia exatamente sua situação. Imagine nós!!! Ou os Papas!!
    Quanto ao tema: todos temos travas nos olhos, e antes de tirarmos as travas dos olhos de nossos irmãos
    devemos primeiro limpar nossa visão.
    Ai daqueles por quem vem os escândalos... Lutero denunciou coisas que deveriam ser denunciadas - concedamos
    a ele o mérito que ele tem. Critiquemos sua soberba e sua vaidade. Deus tenha piedade de nossas almas!!
    Renato

    ResponderExcluir
  9. Nenhum dos líderes de religião pode ser qual seja ela tem o dever de errar, porém todos são ser humanos, sejam em qual religião for todos carregam seus acertos como bem carregam seus erros, porém São Paulo em uma de suas cartas diz claramente "Quem está de pé cuidado para não cair" se um protestante ataca um católico acham certo, acham bonito, se um católico se defende é errado, e mal caráter, não esqueçam que o protestantismo quando surgiu saiu de uma igreja de 1517 anos atrás, e assim como seu fundador que interpretou as sagradas escrituras erradas, muitos hoje fazem do mesmo jeito e se acham certos, então porque a bíblia de vcs tem 67 livros e a nossa 72? Será que nós católicos temos o direito de inventar coisas a nosso favor? De cuspir a bíblia a nosso favor? Jamais, seja qual for a religião ninguém se considere salvo ou condenado, menos ainda dirija isso aos outros, pois sabemos que só Deus todo poderoso pode nos julgar, e seremos todos julgados no juízo final, mas cada um por si, portanto, invés de criticar a igreja católica, condenar um gay, um drogado, um bandido, olhem mais pra vocês mesmos e olhem o que vocês estão fazendo pra melhorar o mundo e ser mais solidário com as pessoas, ser mais amoroso com as pessoas sem querer nada em troca, pois aqui onde moro eu já vi os grupos e movimentos da igreja católica levarem cestas, roupas e mantimentos e nunca se quer dizer venham pra minha igreja, enquanto eu não vi uma única vez em que os protestantes fazem qualquer coisa sem dizerem "Venha receber Jesus". Fazer isso é fazer a mesma coisa que fez Judas Scariotes, trocar Jesus por dinheiro, por bens! Invés de críticar a igreja católica façam como fez madre tereza, irmã dulce, frei damiao, João Paulo II, preguem o amor, a caridade, a fraternidade, pois se vcs tem o Espírito Santo de verdade o espírito não divide, ele une as pessoas, e no céu ou no inferno não teremos igrejas, templos, centros disso ou daquilo, teremos um reino, reino de amor, de paz, de Glória, de união, lá não existem cargos, ou status, todos seremos iguais perante Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gração Nogueira4 de abril de 2017 09:33

      Coerência e bom senso nos ajudam a viver melhor.

      Excluir
    2. José Alison Ferreira leite
      Muito bem! Sua resposta foi muito coerente é por aí.
      LACROU!

      Excluir
    3. várias vezes comentaram que tem papás no infernos primeiro cuidado com o julgamento segundo pastor não vocês não acredita em santo então não Hugo mais tire suas conclusões ou elas só servem contra católicos

      Excluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.